La Palette não é apenas um café em Paris, é um estabelecimento icônico. Atende um público que busca além das delícias ali servidas, mas a atmosfera original e acolhedora. É um café único, um “point” da cidade. Desde a época da Bohemia em Saint-Germain-des-Pres até hoje, La Palette é um lugar essencial para ser conhecido.

Localizado entre as ruas de Siene e Jacques Callot, tem fácil acesso de transporte público: Mabillon M10, Odeon M4 e M10. Possui dois ambientes, o primeiro é pequeno e serve como um bar, o segundo tem uma decoração dos anos 1930 e 1940 e muitas pinturas.

La Palette também é famoso pela grande esplanada na rua Jacques Callot. Sua fachada e o interior foram classificados como um monumento histórico. No passado, frequentado por Cézanne, Picasso e Braque, depois, Ernest Hemigway e Jim Morrison, até Harrison Ford e Julia Roberts e outras estrelas. Algumas das principais especialidades do estabelecimento são: Salada palette, queijo prato de "La Ferme d'Alexandre”, doces bandeja entre outros.

A história de La Palette é composta por registros de décadas de memórias, humor, eventos e bons momentos de trabalho coletivo. Desde a sua criação, o estabelecimento é frequentado por aqueles que criam arte. Alunos e professores de Belas Artes, filósofos, galeristas, artistas, escritores, arquitetos, atores, amantes das artes e letras já se reúnem ali para mudar o mundo.

Quem tiver a oportunidade, vale a pena conhecer. É mais uma dica da estilista @chofakiansarah